quarta-feira, 29 de março de 2017

Um cão inexplicável

Oiii gente, graça e paz! Mais uma reflexão linda do livro da Luz e Vida muito legal e que falou muito ao meu coração, espero que com vocês também.

 "Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai que está nos céus."
Mateus 18:10

Uma enfermeira comunitária conta uma experiência única: "Cuidei por muito tempo, de um doente idoso de uma aldeia vizinha durante o período noturno. Em uma tarde, ao deixar o jardim do hospital para seguir caminho rumo ao serviço, veio, dos arbustos, um cão enorme e peludo. Esse cão acompanhou-me por todo o longo caminho até a casa do paciente. Então, sumiu repentinamente. Na manhã seguinte, ao iniciar meu caminha do volta, o cão estava de novo ali. Ele não saiu do meu lado até chegar no portão do jardim do hospital. Isso se repetiu por longo tempo, todos os dias. Minhas colegas achavam graças, mas, para mim, aquilo se tornava um fardo. Muitas vezes tentei espantá-lo, mas ele não se deixava enganar. Finalmente, pedi ao chefe de polícia que se ocupasse em dar aquele cão sem dono. O policial disse, então, que o "cão sem dono" só era visto em minha companhia; durante o dia ninguém conseguia encontrá-lo. Alguns dias depois, o cão sumiu e não veio mais. Exatamente nessa época, um homem foi preso. Durante o interrogatório, soube-se que ele queria levar a enfermeira "para um canto", mas sempre  havia um cão enorme e perigoso com ela, e ele não conseguiu atingir seu objetivo. Esse homem tinha um ódio irrefreável por mim, porque eu o havia denunciado por maus-tratos aos seus filhos, e as crianças foram lhe tiradas. Por essa razão, ele queria me matar. Esse testemunho demonstra que Deus é infinitamente criativo ao proteger seus filhos.

Escrito por JB (Josias Brepohl)


Nenhum comentário:

Postar um comentário